EXAME CA 125 – Objetivos, como é feito, informaçoes gerais.

Exame CA 125:

O exame CA 125 é útil para realizar monitoramento de câncer ginecológico e para avaliação de processos metastáticos que não tenham origem definida. Em 80% dos pacientes com carcinoma ovariano é possível observar elevações nos níveis séricos de CA 125

O antígeno CA 125 (CA-125) é uma proteína presente na superfície de células de câncer de ovário. Ela é produzida por determinadas células do corpo, incluindo tubos uterinos, útero, cérvix e o revestimento de cavidades torácica e abdominal. Resultados com valores elevados de CA 125 geralmente são encontrados no câncer do ovário. Mas atenção, em outras condições não cancerosas também pode-se encontrar valores aumentados. O teste de CA 125 é frequentemente solicitados para monitorizar a progressão do câncer do ovário.

Após o tratamento de câncer de ovário, o teste de CA 125 é usado por vários anos para garantir o sucesso do tratamento.

O exame de sangue CA 125 é usado para medir a quantidade de proteína de CA 125 na corrente sanguínea. Medição realizada no laboratório o teste de CA 125 é útil para controlar a resposta ao tratamento para o câncer de ovário. Ele não é usado especificamente para detectar o câncer de ovário, porque pode aparecer em níveis elevados também durante a gravidez, infecções pélvicas, ou mesmo durante a menstruação normal.

Em torno de 1% da população geral e por volta de 6% dos indivíduos com patologias benignas, podem apresentar discretas elevações de CA 125.

Objetivo do exame CA 125:

O exame para dosagem do CA-125 é geralmente solicitado para avaliar a progressão do câncer de ovário. Os níveis basais de CA-125 são dosados antes do início do tratamento do câncer de ovário. Uma queda dos níveis de CA-125 durante e após o tratamento indica sucesso do tratamento. O aumento dos níveis de CA-125 após o tratamento pode indicar recidiva da doença.

Após o tratamento para câncer de ovário, o exame do CA 125 é utilizado por vários anos para garantir o sucesso do tratamento. Geralmente, o exame do CA 125 é solicitado a cada dois a quatro meses nos primeiros dois anos após o final do tratamento do câncer. Após esse período, o exame é solicitado a cada seis meses por três anos e então anualmente.

É importante enfatizar novamente que o exame para CA 125 não é solicitado para o diagnóstico de câncer de ovário porque os níveis podem estar elevados em outras doenças como:

Miomas uterinos ou tumorações não cancerosas do útero

Endometriose, uma doença na qual as células do útero crescem em outras regiões do corpo, como os ovários, intestinos e bexiga

Doença inflamatória pélvica (DIP), uma doença inflamatória que afeta o útero, as trompas ou os ovários

Câncer do endométrio e das trompas.

Como é feito o exame CA 125:

Em um hospital ou laboratório, o exame de CA 125 é realizado por um profissional de saúde da seguinte forma:

Com o paciente sentado, é amarrado um elástico em volta do seu braço para interromper o fluxo de sangue. Isso faz com que as veias fiquem mais largas, ajudando o profissional a acertar uma delas

O profissional faz a limpeza com álcool da área do braço a ser penetrada pela agulha

A agulha é inserida na veia. Esse procedimento pode ser feito mais de uma vez, até que o profissional de saúde acerte a veia e consiga retirar o sangue

O sangue coletado na seringa e colocado em um tubo

O elástico é removido e uma gaze é colocada no local em que o profissional de saúde inseriu a agulha, para impedir qualquer sangramento. Ele ou ela pode fazer pressão sobre a bandagem para estancar o sangue

Uma bandagem é colocada no local.

Informações gerais:

Um resultado negativo para o exame CA 125 não exclui a possibilidade de doença.

Os principais sintomas do câncer de ovário são: constipação, aumento do volume abdominal e alteração da função digestiva.

A endometriose é caracterizada por cólica e fluxo menstrual intenso, além de dor quando mantém relações sexuais e dificuldades para engravidar.

Algumas mulheres não possuem qualquer sintoma até que o câncer de ovário ou a endometriose estejam em estágio avançado. Por isso, é fundamental a realização de exames rotineiros com um ginecologista, pelo menos, a cada 6 meses.

Para prevernir-se contra qualquer doença, é necessário manter uma vida saudável e manter distância de bebidas alcoólicas e do fumo. Mas, às vezes, isso pode não ser o suficiente. Então, além da prática efetiva de atividade física e de uma alimentação balanceada, procure seu ginecologista e tire todas as suas dúvidas sobre a prevenção de doenças ginecológicas e aumente as chances de manter essas doenças longe do seu corpo ou para um tratamento precoce (antes que qualquer sintoma apareça).

Este artigo é meramente informativo, não temos a capacidade para receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Aconselhamo-lo a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Saiba mais sobre Exame CA 125 – Pesquise abaixo!

Pesquisa Personalizada
Botão de chamada CHS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*