CÂNCER DE PELE – Conheça os tipos, cuidados e prevenções

Câncer de pele:

Apesar de todo alerta feito pela mídia, o câncer de pele é mais comum do que se imagina.  Ele é causado pelos raios ultravioletas que alteram o código genético das células.

O câncer de pele é identificado por manchas rosadas, avermelhadas ou escuras que crescem de maneira lenta, mas progressiva. Podem aparecer na forma de ferida ou pintas que apresentam bordas irregulares.

Inicialmente, retira-se a lesão e em casos mais graves é necessário fazer o tratamento de radioterapia ou quimioterapia.

Pessoas com a pele clara, com albinismo ou com casos em parentes de primeiro grau são mais propícias a esse tipo de câncer. Essa doença é mais frequente em homens com mais de 50 anos, ou seja, que já tiveram muito tempo de exposição ao sol.

Tipos de câncer de pele:

Carcinoma basocelular:

É o mais frequente e o menos maligno. Ele surge como uma mancha rosada nas áreas que mais ficam expostas ao sol como: rosto, pescoço, ombros e costas.

Carcinoma espinocelular:

É o segundo tipo mais encontrado e pode surgir em diversas partes do corpo embora seja mais encontrado nas áreas mais expostas ao sol. A lesão possui cor avermelhada e é como uma ferida que demora para cicatrizar e pode sangrar.

Melanoma:

É o mais perigoso de todos, pois aparece como um mancha escura e se não for diagnosticado no início pode ser fatal. Apesar da periculosidade é o menos frequente.

 Cuidados para evitar o câncer de pele:

  • Evite tomar sol no período das 10 às 16 horas;
  • Use filtro solar diariamente com fator de proteção 30. Se a sua pele for muito clara aumente o fator de proteção solar. Reaplique ao menos duas vezes durante o dia;
  • Utilize chapéus e camisetas que fazem uma barreira contra o sol.

Outros fatores que contribuem para o aparecimento desse tipo de câncer:

  • Exposição à radiação ionizante, como a radioterapia;
  • Exposição crônica a baixas quantidades de arsênio;
  • Síndromes genéticas como xerodermapigmentosa;
  • Feridas na pele, como úlceras e queimaduras;
  • O tabaco aumenta o risco de carcinoma espinocelular.

Muitas pessoas aderem ao padrão estético dos países tropicais e querem ficar queimadas de sol. A exposição excessiva aumenta o risco de câncer e pessoas com a pele muito clara precisam redobrar os cuidados. Até mesmo as câmaras de bronzeamento artificial possuem raios infravermelhos e ultravioletas, que oferecem riscos. Por isso, antes de se render aos padrões estéticos pense na saúde da sua pele.

Escrito por:Priscilla Alves Batista.

Leia também:

Câncer de Próstata:
Câncer de Mama:
Câncer de Ovário:

Saiba mais sobre Câncer de Pele – Pesquise abaixo

Pesquisa Personalizada
Botão de chamada CHS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*